segunda-feira, 17 de novembro de 2008

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

No primeiro dia de caminhadas escolhemos conhecer o parque, acordamos cedo e tomamos um café da manha reforçado preparado pela Eva, a dona da casa que alugamos, que por sinal era muito prestativa e agradável. Eram 8 horas, enchemos nossas garrafas de água e passamos em uma mercearia para comprar algumas bananas e bolachas para levar no passeio.



O parque tem a entrada localizada a uns 2km de São Jorge via uma estrada de chão bem tranquila. Para entrar no parque é necessário estar acompanhado de um guia credenciado, que cobra uma diária de R$ 60 e que pode ser dividida para um grupo de até 10 pessoas, além disso paga-se também o acesso ao parque, o ingresso custa R$ 3.
Os passeios se dividem em dois, trilha dos cânions e trilha dos saltos, geralmente se leva um dia para cada passeio, porém quem estiver afim de um ecoturismo mais acelerado, sem problemas, converse com o guia.

O guia é essencial para o passeio no parque, não porque ele indica o caminho mas também porque conta histórias, curiosidades, além de ter muitas informações sobre a fauna, flora e o funcionamento do ecossistema. Assim tanto no parque quanto em outros passeios um guia sempre é uma boa opção. Geralmente ficam a espera de turistas na entrada do parque.

O grupo é muito importante para um bom passeio. É necessário conhecer as características tanto físicas quanto sociais de cada integrante. É evidente que cada um tem o seu rítimo e seus hábitos, portando é essencial que os integrantes tenham os mesmos objetivos no passeio. Nada que uma boa conversa não resolva e resulte em um grupo mais harmônico.


A Trilha dos Cânions nos leva a varios cenários do rio Preto, planaltos onde ele corre esparso formando piscinas e pequenas quedas, cânions por onde ele corre mais estreito e profundo criando poços e belas cachoeiras com ótimos locais para banhos, saltos ou simplesmente comtemplação.

A Trilha dos Saltos é uma passeio mais contemplativo, por ela é possivel ver as duas grandes quedas do rio preto, a primeira com 120m, logo antes de um lindo vale e a segunda, mais acima, com 80m e que forma a maior piscina da chapada. Na volta a trilha passa pelas corredeiras um bom local para se banhar e descançar.

Placa com informações sobre as trilhas. (clique para vizualizar)

Nenhum comentário:

Pesquisa